Anuncie aqui!
COTIDIANOCURTINHASDIVERSOSJUDICIÁRIOPOLÍTICA
Tendência

Servidora do TJ segura projeto

Com representantes desse naipe, os servidores públicos estaduais nem precisam de inimigos. Na reunião do Conselho de Previdência da manhã desta quinta-feira (29), a definição sobre o envio do projeto de lei que visa beneficiar os servidores aposentados com doenças raras sofreu obstrução, quem diria, de uma servidora.

A conselheira Geane Lina Teles, que representa os servidores do Tribunal de Justiça, pediu vistas sobre o tema mesmo depois de longos debates tanto no Conselho quanto na própria esfera pública, uma vez que a Assembleia Legislativa já concordou em aprovar essa pauta assim que o projeto for enviado. O presidente da AL, Max Russi, chegou a fazer um apelo para que ela abrisse mão das vistas, mas a conselheira não aceitou.

Por conta desse pedido de vistas, a proposta que pretende dar um fôlego na alíquota previdenciária a esse grupo de aposentados com a isenção terá que aguardar mais algumas semanas antes de ser remetido à Casa de Leis. E quem perde com isso, lamentavelmente, são os próprios servidores.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

fonte;folhamax

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios