Anuncie aqui!
COTIDIANOCURTINHASDIVERSOSJUDICIÁRIOPOLÍCIA
Tendência

“O EX- COMENDADOR”: Arcanjo alega risco de morte e pede sigilo sobre viagens

O juiz Geraldo Fidelis, da Vara de Execuções Penais de Cuiabá, negou ao ex-comendador João Arcanjo Ribeiro, o pedido para manter em sigilo as viagens feitas por ele. A decisão foi publicada no dia 17 de maio.

No pedido, a defesa argumentou risco a segurança. “Os deslocamentos do apenado (viagens), por demandarem prévia comunicação a este Juízo, tornam-se públicos, circunstância que coloca em risco a segurança e a integralidade física do reeducando”, diz trecho de pedido.

Arcanjo já foi considerado o maior líder do crime organizado em Mato Grosso.

Atualmente ele cumpre pena em regime aberto por diversas condenações, entre elas, assassinatos e crimes contra o sistema financeiro.

Ao negar o pedido, o magistrado seguiu parecer do Ministério Público Estadual (MPE).

Não há notícias de que o apenado tenha sido vítima de qualquer crime ou ameaça, sequer de que esteja sofrendo risco de vida. Assim, ausente a demonstração inequívoca acerca de eventual prejuízo sofrido pelo apenado que justifique a excepcionalidade do caso em tela, não há que se falar em acolhimento da pretensão defensiva”, concluiu o juiz, na decisão.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

fonte;reportermt

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios