Anuncie aqui!
COTIDIANOCURTINHASDIVERSOSSAÚDE
Tendência

Gilberto garante envio de doses extras a 28 municípios de Mato Grosso

O secretário estadual de Saúde Gilberto Figueiredo afirmou na tarde desta quinta-feira (15) que o aporte de vacinas extras contra a Covid-19, enviado pelo Ministério da Saúde, será apenas para atender 28 municípios de Mato Grosso que fazem fronteira com outros países. Cuiabá e Várzea Grande não fazem parte da lista das cidades.

“Esse é um pleito do governo do Estado junto ao Ministério da Saúde através do Conass que foi reforçado com a visita do ministro da Saúde em Cuiabá recentemente quando pedimos um reforço de doses das vacinas para que pudéssemos imunizar toda a nossa faixa de fronteira do estado de Mato Grosso”, disse Gilberto durante lançamento do programa Mais MT Cirurgias.

Os municípios que compõe região de fronteira em Mato Grosso são: Barão de Melgaço, Nossa Senhora do Livramento, Poconé, Araputanga, Cáceres, Curvelândia, Glória d’Oeste, Indiavaí, Lambari do Oeste, Mirassol do Oeste, Porto Esperidião, Reserva do Cabaçal, Rio Branco, Salto do Céu, São José dos Quatros Marcos, Campos de Júlio, Comodoro, Conquista d’Oeste, Figueirópolis d’Oeste, Jauru, Nova Lacerda, Pontes de Lacerda, Vale do São Domingos, Vila Bela de Santíssima Trindade e Barra do Bugres.

“Esses municípios compreendem uma população estimada de pessoas que vão passar pela necessidade da vacinação de 192 mil pessoas residentes nesses municípios. Eles terão uma nova tarefa, muita vacina para aplicar no braço das pessoas e imunizar 100% da população acima dos 18 anos. O objetivo é que a gente cria uma barreira sanitária com a vacina para evitar a entrada de novas variantes no estado”, ressalatou.

Polêmica

A expectativa por doses extras começou inicialmente quando o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), afirmou que a Capital receberia mais imunizantes em compensação pela realização da Copa América na cidade, entretanto o fato foi negado pelo próprio ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que à época ressaltou que Mato Grosso até poderia receber doses extras, não por causa do campeonato, mas sim por ser estado de fronteira.

“Esse é um pleito do Estado de Mato Grosso para os 28 municípios. Não tem absolutamente nada a ver pelo fato de Cuiabá ter sediado a Copa América. Antes que dizem uma outra mentira, isso é um pleito técnico dos secretários estaduais de Saúde junto ao Ministério da Saúde e que está sendo atendido em sua totalidade”, declarou Gilberto.

Dados da Covid-19 em MT

A SES notificou, até a tarde desta quarta-feira (14) 469.274 casos confirmados de Covid-19 e 12.393 mortes em decorrência da doença. Nas últimas 24 horas, foram registrados 1.677 novas notificações e 19 mortes. A taxa de ocupação em leitos de UTI é de 71,17% e 29% para enfermarias adulto.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

fonte;hnt

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios