COTIDIANOCURTINHASDIVERSOSPOLÍCIA
Tendência

Polícia prende dupla que furtou loja de motocicletas com uniformes da Energisa

Dois suspeitos foram presos em flagrante nesta quinta-feira (23), em Cuiabá, pela equipe da Gerência de Combate ao Crime Organizado pelos crimes de tráfico, associação para o tráfico, receptação e posse ilegal de munições. Nas residências onde foram detidos, os policiais civis apreenderam roupas e acessórios furtados de uma loja de motocicletas, além de outras peças de roupa usadas por prestadores de serviços da Energisa.

Além dos dois rapazes, de 23 e 21 anos, presos, a Polícia Civil deteve também uma mulher de 51 anos no bairro Lixeira, na Capital, em uma casa onde funcionaria um ponto de tráfico de drogas e onde estava parte dos produtos levados da concessionária de motos.

A equipe da GCCO iniciou as diligências após receber o registro da ocorrência de um furto a uma concessionária de motocicletas, localizada no bairro Bandeirantes, na madrugada do dia 22 de junho. Suspeitos arrombaram o vidro do local e levaram três capacetes e duas jaquetas motociclísticas, materiais avaliados em mais de R$ 7,8 mil.

Em diligências, os investigadores localizaram, no bairro Lixeira, com dois suspeitos com um dos capacetes furtados. Na residência deles, foram localizados outros produtos no interior da casa, como drogas, balanças e uma pistola com 11 munições, além de diversas peças de roupas masculinas todas etiquetadas e novas, possivelmente produto de crime.

Detidos, os dois suspeitos confessaram que em outra residência no mesmo bairro estavam os produtos furtados da concessionária na noite anterior. Ao chegar ao local, o suspeito havia fugido e a equipe foi atendida pela mulher que disse apenas locar um cômodo para o rapaz, omitindo em dizer que seria avó dele.

Em buscas no quarto, após autorização da moradora, os investigadores apreenderam munição de calibre 9mm, duas jaquetas e um capacete motociclísticos, todos do furto à furto concessionária da Yamaha. Na casa também havia uma balança de precisão e outros apetrechos utilizados para o tráfico de drogas, um simulacro de pistola e uniformes.

Após a apreensão dos materiais, a dona da casa confirmou ser avó do suspeito e no quatro dela foram localizadas mais munições de calibre 9mm. Ela foi conduzida à GCOO, onde foi autuada em flagrante por posse ilegal de munições e terá fiança arbitrada.

Os dois suspeitos foram autuados por tráfico e associação para o tráfico de drogas, receptação e posse ilegal de arma de fogo.

Os procedimentos serão encaminhados às respectivas unidades policiais para sequência das investigações sobre tráfico de drogas e crimes contra o patrimônio.

fonte;hnt

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios